Saae Aracruz/ES

Tele Atendimento 0800-2839590

Faturamento de Conta

Exemplo de Faturamento de uma Conta Mensal Água/Esgoto - 01

 

EXEMPLO Nº. 01
Consumo de 01 unidade residencial de 25.
Categoria
Faixa de Consumo
Total
Valor(m3)
Residêncial
00 - 10
R$ 0,59
10
R$ 5,90
11 - 15
R$ 0,63
5
R$ 3,15
16 - 20
R$ 0,77
5
R$ 3,85
21 - 30
R$ 0,95
5
R$ 4,65
Total a pagar pelo consumo de 25 m³
R$ 17,55

 

O valor da conta é calculado através de uma tabela progressiva e os valores são definidos por categoria e a faixa de consumo. O cálculo é feito a partir do consumo no mês e da tabela de tarifas do SAAE. Pôr exemplo, se o consumo no mês for de 25 m3, o valor da conta será a soma dos valores (R$) correspondentes para cada faixa de consumo, da seguinte forma:

1º) Os primeiros 10 m3 são calculados considerando a primeira faixa de consumo (0 - 10) no valor de R$ 0,59 conforme exemplo abaixo:
10m3 x R$ 0,59 = R$ 5,90

2º) Os 5m3 seguintes são calculados considerando a segunda faixa de consumo (11 - 15) no valor de R$ 0,63:
5m3 x R$ 0,63 = R$ 3,15

3º) Os 5m3 seguintes são calculados considerando a terceira faixa de consumo (16 - 20) no valor de R$ 0,77:
5m3 x R$ 0,77 = R$ 3,85

4º) O restante do consumo, ou seja, os 5m3 que resta será calculado na quarta faixa de consumo (21 - 30) no valor de R$ 0,93:
5m3 x R$ 0,93 = R$ 4,65
O valor da conta será o somatório das quatro faixas de consumo:
TOTAL R$ (5,90 + 3,15 + 3,85 + 4,65) ==> valor da conta R$ 17,55 reais

Observação:
Se você possui ligação de esgoto, sua conta mensal de ÁGUA + ESGOTO será igual a conta de água + o equivalente aos serviços de esgotos sanitários.

Portanto, a cobrança da tarifa de esgoto, resulta ao equivalente a 50% da fatura de água para as localidades atendidas com coleta de esgoto sem tratamento final, e 80% da fatura de água para as demais localidades onde são tratados os esgotos domésticos. Esta cobrança foi autorizada pelo decreto municipal n.º 6590 de 27/11/2002.

Da mesma forma que a tarifa de água, a tarifa de esgoto destina-se a cobrir custos do serviço, suas condicionantes operacionais e exigências ambientais. Por suas características específicas, os sistemas de esgoto requerem maiores investimentos do que os sistemas de água para sua implantação, e sua operação é de elevado custo e complexidade.

Estabelece o Decreto Federal N.º 82.587, em seu Capítulo IV, Artigo 19, que o "volume de águas residuárias ou servidas será avaliado com base no consumo de água pelo mesmo usuário". Há razões técnicas (hidráulicas) que justificam essa disposição, uma vez que a água consumida irá gerar um esgoto proporcional ao volume consumido.

(*) Verifique a tabela de tarifas vigente sempre que você for efetuar o cálculo.

 

 

Exemplo de Faturamento de uma Conta Mensal Água/Esgoto  - 02

 

 EXEMPLO Nº. 02
Consumo de 01 unidade comercial de 23m³.
Categoria
Faixa de Consumo (m³)
Valor (R$)
Consumo pôr
faixa (m³)
Valor (R$)
Residêncial
00 - 15
R$ 1,00
15
R$ 15,00
Acima de 15
R$ 1,48
8
R$ 11,52
Total a pagar pelo consumo de 23 m³
sem a incidência da tarifa de esgoto
R$ 16,52

 

 

O valor da conta é calculado através de uma tabela progressiva e os valores são definidos por faixa de consumo. O cálculo é feito a partir do consumo no mês e da tabela de tarifas do SAAE. Pôr exemplo, se o consumo no mês for de 23 m3, o valor da conta será a soma dos valores (R$) correspondentes para cada faixa de consumo, da seguinte forma:

1º) Os primeiros 15 m3 são calculados considerando a primeira faixa de consumo (0 - 15) no valor de R$ 1,00 conforme exemplo abaixo:
15m3 x R$ 1,00 = R$ 15,00

2º) Os 8m3 seguintes são calculados considerando a segunda faixa de consumo (acima de 15) no valor de R$ 1,44:
8m3 x R$ 1,44 = R$ 11,52
O valor da conta será o somatório das quatro faixas de consumo:

TOTAL R$ (15,00 + 11,52) ==> valor da conta R$ 16,52 reais

Observação:
Se você possui ligação de esgoto, sua conta mensal de ÁGUA + ESGOTO será igual a conta de água + o equivalente aos serviços de esgotos sanitários.

Portanto, a cobrança da tarifa de esgoto, resulta ao equivalente a 50% da fatura de água para as localidades atendidas com coleta de esgoto sem tratamento final, e 80% da fatura de água para as demais localidades onde são tratados os esgotos domésticos. Esta cobrança foi autorizada pelo decreto municipal n.º 6590 de 27/11/2002.

Da mesma forma que a tarifa de água, a tarifa de esgoto destina-se a cobrir custos do serviço, suas condicionantes operacionais e exigências ambientais. Por suas características específicas, os sistemas de esgoto requerem maiores investimentos do que os sistemas de água para sua implantação, e sua operação é de elevado custo e complexidade.

Estabelece o Decreto Federal N.º 82.587, em seu Capítulo IV, Artigo 19, que o "volume de águas residuárias ou servidas será avaliado com base no consumo de água pelo mesmo usuário". Há razões técnicas (hidráulicas) que justificam essa disposição, uma vez que a água consumida irá gerar um esgoto proporcional ao volume consumido.

(*) Verifique a tabela de tarifas vigente sempre que você for efetuar o cálculo.

IMPORTANTE:
Se o consumo médio diário apresentar aumento significativo sem que tenha havido qualquer anormalidade no consumo, verifique com urgência suas instalações internas.

 

 

Exemplo de Faturamento de uma Conta Mensal Água/Esgoto  - 03

 

 EXEMPLO Nº. 03
Consumo de 01 unidade residencial e uma unidade comercial de 31m³, atendidos pela mesma ligação.
- Neste caso devemos subtrair do consumo total o equivalente a taxa mínima e o restante dividir pelo total de unidades. Pôr exemplo: o consumo total foi de 31m3 menos a taxa mínima de 25m3, temos uma diferença de 6m3 que dividido por 2 unidades resulta em 3m3 para ser rateado para as 2 unidades.
Categoria
Classe de Consumo
Tarifa Mínima (m³) (básico)
Consumo
Excedente (m³)
Consumo
Total (m³)
Residêncial
10
3
13
Comercial
15
3
18
Valor por unidade Residencial.
Faixa de
Consumo (m³)
R$ / m3
Consumo
pôr faixa (m³)
Valor(R$)
00 - 15
R$ 0,59
10
R$ 5,90
11 - 15
R$ 0,63
03
R$ 1,89
Valor por unidade Comercial.
Faixa de
Consumo (m³)
Valor (R$)
Consumo
pôr faixa (m³)
Valor(R$)
00 - 15
R$ 1,00
15
R$15,00
Acima de 15
R$ 1,44
03
R$ 4,32

 

 

O valor da conta será o somatório das quatro faixas de consumo:

TOTAL R$ (5,90 + 1,89 + 15,00 + 4,32) ==> valor da conta R$ 27,11 reais

Observação:
Se você possui ligação de esgoto, sua conta mensal de ÁGUA + ESGOTO será igual a conta de água + o equivalente aos serviços de esgotos sanitários.

Portanto, a cobrança da tarifa de esgoto, resulta ao equivalente a 50% da fatura de água para as localidades atendidas com coleta de esgoto sem tratamento final, e 80% da fatura de água para as demais localidades onde são tratados os esgotos domésticos. Esta cobrança foi autorizada pelo decreto municipal n.º 6590 de 27/11/2002.

Da mesma forma que a tarifa de água, a tarifa de esgoto destina-se a cobrir custos do serviço, suas condicionantes operacionais e exigências ambientais. Por suas características específicas, os sistemas de esgoto requerem maiores investimentos do que os sistemas de água para sua implantação, e sua operação é de elevado custo e complexidade.

Estabelece o Decreto Federal N.º 82.587, em seu Capítulo IV, Artigo 19, que o "volume de águas residuárias ou servidas será avaliado com base no consumo de água pelo mesmo usuário". Há razões técnicas (hidráulicas) que justificam essa disposição, uma vez que a água consumida irá gerar um esgoto proporcional ao volume consumido.

(*) Verifique a tabela de tarifas vigente sempre que você for efetuar o cálculo.

IMPORTANTE:
Se o consumo médio diário apresentar aumento significativo sem que tenha havido qualquer anormalidade no consumo, verifique com urgência suas instalações internas.

 

 

Exemplo de Faturamento de uma Conta Mensal Água/Esgoto  - 04

 

EXEMPLO Nº. 04
Consumo de 01 condomínio residencial composto pôr 20 apartamentos (20 economias) de 300 m³ atendidos pôr uma ligação.
Categoria
Faixa de Consumo
Total
Valor(m3)
Residêncial
00 - 10
R$ 0,59
10
R$ 5,90
11 - 15
R$ 0,63
05
R$ 3,15

 

Para condomínios residenciais, o SAAE adota o seguinte critério:

O valor da conta é igual ao consumo total do condomínio dividido pelo número de apartamentos, obtendo assim o consumo médio pôr apartamento. O consumo médio é aplicado na tabela de tarifa do SAAE, conforme a faixa de consumo, e o resultado é multiplicado pelo número de apartamentos. Veja como fica abaixo:

1º) Verifica-se o consumo registrado no mês que foi de 300 m³.

2º) Divide-se o consumo pelo total de apartamentos/economias, obtém-se o consumo médio pôr economia.
Consumo médio ==> 300m3 / 20 = 15 m³/economia.

3º) Calcula-se o valor do consumo médio de 15m3 de cada apartamento, da seguinte forma:

4º) Os primeiros 10 m3 são calculados considerando a primeira faixa de consumo (0 - 10) no valor de R$ 0,59 conforme exemplo abaixo:
10m3 x R$ 0,59 = R$ 5,90

5º) Os 5m3 restantes são calculados considerando a segunda faixa de consumo (11 - 15) no valor de R$ 0,63:
5m3 x R$ 0,63 = R$ 3,15
O valor (R$) de cada apartamento/economia será o somatório das duas faixas de consumo:
R$ (5,90 + 3,15) ==> valor de R$ 9,05 reais

6º) Obtido o valor (R$) pôr apartamento/economia, o valor total da conta será o resultado do n.º de apartamentos/economia vezes o valor do consumo de cada apartamento, ou seja:
O valor total da conta será ==> 20 x R$ 9,05 = R$ 181,00 reais

Observação:
Se você possui ligação de esgoto, sua conta mensal de ÁGUA + ESGOTO será igual a conta de água + o equivalente aos serviços de esgotos sanitários.

Portanto, a cobrança da tarifa de esgoto, resulta ao equivalente a 50% da fatura de água para as localidades atendidas com coleta de esgoto sem tratamento final, e 80% da fatura de água para as demais localidades onde são tratados os esgotos domésticos. Esta cobrança foi autorizada pelo decreto municipal n.º 6590 de 27/11/2002.

Da mesma forma que a tarifa de água, a tarifa de esgoto destina-se a cobrir custos do serviço, suas condicionantes operacionais e exigências ambientais. Por suas características específicas, os sistemas de esgoto requerem maiores investimentos do que os sistemas de água para sua implantação, e sua operação é de elevado custo e complexidade.

Estabelece o Decreto Federal N.º 82.587, em seu Capítulo IV, Artigo 19, que o "volume de águas residuárias ou servidas será avaliado com base no consumo de água pelo mesmo usuário". Há razões técnicas (hidráulicas) que justificam essa disposição, uma vez que a água consumida irá gerar um esgoto proporcional ao volume consumido.

(*) Verifique a tabela de tarifas vigente sempre que você for efetuar o cálculo.

© Copyright 2009 - Todos os direitos reservados.

Produzido pela

Impacta Soluções Web